30/03/2021 às 10h07min - Atualizada em 30/03/2021 às 11h20min

Projeto global para tornar o futebol mais inclusivo, diverso e sustentável está com inscrições abertas

Inteligência artificial, machine learning, blockchain, realidade aumentada e internet das coisas estão entre as tecnologias que podem ser utilizadas na disputa

DINO
https://footballcan2041.sport-gsic.com/es/


O esporte é um dos grandes meios para inclusão e desenvolvimento de jovens em todo o planeta. Por isso, o Santander criou a FootballCan 2041, uma parceria com o Centro Global de Inovação em Esportes (GSIC, na sigla em inglês) powered by Microsoft. A iniciativa tem como objetivo impulsionar em todo o mundo soluções de inovação para aperfeiçoar o futebol por meio da inclusão, da diversidade e da sustentabilidade.

O projeto procura identificar as soluções tecnológicas mais promissoras e que promovam iniciativas que garantam aos fãs do futebol eventos mais acessíveis, inclusivos e que respeitem o meio ambiente; desenvolvam novas experiências nos eventos de futebol que melhorem a experiência dos torcedores, resultando em um impacto social positivo; e ampliem o alcance e as capacidades do Fieeld, um sistema táctil de transmissão esportiva que permite a deficientes visuais sentir o futebol de uma maneira inédita, seguindo com as pontas dos dedos os movimentos da bola e a trajetória das jogadas.

“Muitos de nós, torcedores ou não, acreditamos na influência do futebol como agente de mudança e no seu potencial para impactar positivamente a vida das pessoas”, afirma Juan Manuel Cendoya, vice-presidente do Santander Espanha e responsável pela Comunicação, Marketing Corporativo e Estudos do Grupo.

Os participantes poderão utilizar tecnologias como inteligência artificial, machine learning, blockchain, realidade aumentada e virtual ou a internet das coisas para apresentar iniciativas, experiências e/ou soluções que tenham um impacto real e tangível, melhorando a vida das pessoas e da sociedade, dentro das seguintes áreas inclusão (propostas que melhorem a experiência de grupos vulneráveis sob ameaça de exclusão social, econômica ou cultural, e soluções educativas vinculadas ao futebol), diversidade (projetos que promovam a igualdade no futebol, independentemente de raça, cor, gênero, orientação sexual, religião ou nacionalidade) e sustentabilidade (soluções que ajudem o futebol profissional a ser mais responsável em relação às mudanças climáticas e à gestão sustentável de energia e recursos).

Competição de startups

O processo de seleção das candidaturas, que será realizado até 18 de abril, resultará na escolha de 30 startups por um juri composto por representantes de Santander, GSIC e Microsoft. Os participantes realizarão apresentações online de suas propostas e, no fim de abril, serão selecionados dez finalistas, que participarão em maio da grande final, quando representantes de UEFA, LaLiga e personalidades do mundo do futebol, como Ronaldo Nazário, selecionarão as três ideais eleitas, que poderão levar adiante projetos pilotos.

Os finalistas contarão com uma série de benefícios:

  • 10.000 euros em dinheiro. Se algum dos escolhidos puder ainda aplicar sua tecnologia ao aperfeiçoamento do Fieeld, receberá um prêmio extra de 5.000 euros.
  • Um ano de filiação gratuita ao Global Sports Innovation Center powered by Microsoft
  • Assessoramento e desenvolvimento de um projeto piloto avaliado em 12.000 euros
  • Apoio na execução do projeto piloto e reuniões de Continuidade.


Website: https://footballcan2041.sport-gsic.com/es/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp