10/03/2021 às 16h44min - Atualizada em 10/03/2021 às 17h20min

Grandes planos de produção de hidrogênio da Proton Technologies

DINO


A Proton Technologies iniciou novamente o processo de separação de hidrogênio no final de fevereiro em seu projeto em Saskatchewan, Canadá. A nova unidade de separação é para longevidade de vários anos do filtro de hidrogênio e testes de iteração, com o carregamento do hidrogênio em caminhão esperado ainda este ano. O oxigênio líquido está programado para ser transportado para injeção em escala modesta, mas ainda assim comercial. No local de demonstração, a produção deverá chegar a mil toneladas de hidrogênio por dia, após a construção de uma grande unidade de separação de ar.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210310005874/pt/

Proton Technologies Black Box at site near Kerrobert, Saskatchewan. (Photo: Business Wire)

Proton Technologies Black Box at site near Kerrobert, Saskatchewan. (Photo: Business Wire)

Proton Technologies Black Box at site near Kerrobert, Saskatchewan. (Photo: Business Wire)

O hidrogênio é um combustível sem carbono que não produz CO2 quando usado. A Proton tem uma maneira de produzir hidrogênio limpo a um custo de produção previsto abaixo de US$ 0,30 por kg, com uma intensidade de carbono mais baixa do que a energia eólica ou solar para eletrólise. Os campos de petróleo não são abandonados porque estão vazios, ao contrário, eles atingiram um limite econômico, mas a maior parte do petróleo permanece no solo. O processo da Proton envolve a injeção de oxigênio em campos de petróleo. Isso desencadeia reações que produzem hidrogênio. Então, um filtro de hidrogênio no fundo do poço permite apenas que o hidrogênio entre no poço de produção e subaàsuperfície, deixando todo o carbono no solo. A estrutura de custo é baixa porque os campos de petróleo em final de vida útil se tornam o receptáculo da reação da Proton, que já contém décadas de combustível.

Existem muitas maneiras para o transporte de hidrogênio, como um gás, por caminhão, ferrovia e gasoduto ou, como um líquido, incorporado em produtos químicos como a amônia, mas se o custo de produção do hidrogênio for menor do que o do gás natural, a carga de base de eletricidade e a mistura em sistemas de gás natural são atraentes como grandes mercados comprovados com infraestrutura e clientes existentes. “Planejamos abastecer nosso contrato de compra de energia usando geradores compatíveis com hidrogênio”, disse Seta Afshordi, diretora de operações (COO) da Proton Canada.

Uma viagem é mais significativa quando o destino é conhecido. “A Proton Canada tem como objetivo fornecer 10% da energia total da humanidade até 2040. Isto exigirá um grande investimento para a construção de muitas unidades de separação de ar de grande porte e cerca de 1/10do vasto recurso de petróleo do oeste do Canadá, a maioria dos quais não é econômico para a produção de petróleo”, disse Grant Strem, presidente do conselho executivo e diretor executivo (CEO). Perguntas podem ser feitas para investorrelations@proton.energy, careers@proton.energy ou info@proton.energy.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Para a mídia:

O presidente do conselho administrativo e diretor executivo (CEO) Grant Strem, a diretora de operações (COO) Seta Afshordi e o chefe comercial Calvin Johnson da Proton estão disponíveis para entrevistas. Agendamentos podem ser feitos através de

Julie Goulder julie@proton.energy

+1 403 467 1220


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp