07/10/2020 às 10h52min - Atualizada em 07/10/2020 às 11h00min

Respiradores: por que eles são essenciais para o tratamento de casos graves da COVID-19?

Embora grande parte dos pacientes acometidos pelo novo Coronavírus não apresente complicações, alguns precisam de atendimento na Unidade de Terapia Intensiva - e, muitas vezes, apoio de ferramentas para a respiração

DINO
https://billabtech.com/

Trazendo ao mundo uma crise sem precedentes, a COVID-19 se alastrou por todo globo com grande velocidade. O mês de agosto encerra com mais de 25 milhões de infectados, segundos dados disponibilizados pela Wikipedia, fazendo com que o novo Coronavírus seja pauta recorrente, mesmo depois de dez meses desde o seu primeiro caso.

E é diante desse cenário que surgem preocupações: chefes de estado acompanham de perto a possibilidade de retomada no “novo normal”, sem deixar de lado a quantidade de casos graves para a tomada de decisão. 

Segundo dados disponibilizados pelo CCDC, Centro de Prevenção e Controle de Doenças da China, 80,9% dos acometidos pela infecção causada pelo Sars-CoV- 2 apresentam apenas sintomas brandos. Por outro lado,  13,8% são severos. Ainda assim, o perigo está na menor porcentagem: 4,7% dos casos se desdobram em um quadro grave.

Estes, demandam internação em UTIs, Unidades de Terapia Intensiva, e, muitas vezes, o uso de respiradores torna-se decisivo para que os pacientes se mantenham vivos.

Sintomas que não podem ser ignorados

Como dito acima, a grande maioria dos casos da COVID-19 não apresenta riscos. Isso quer dizer que muitos deles terão sintomas similares a uma gripe: tosse, cansaço e febre. 

Entretanto, alguns serão acometidos por outros tipos de problemas - em alguns casos, o resultado pode ser a inflamação do pulmão.  “Quando um paciente demonstra falta de ar, é preciso ficar em alerta. Esse é um dos sintomas que não podem ser ignorados”, aponta  Luiz Santos, sócio-fundador da Billab Tech Medical Supply, empresa especializada na venda de equipamentos médicos. 

Uma vez que o pulmão é comprometido, torna-se incapaz de realizar a sua função da forma correta. É assim, então, que um paciente pode precisar do apoio de um respirador. A ventilação mecânica ajudará a suprir a carência de oxigênio no corpo e apoiará a recuperação de modo geral. 

“Quando um paciente vai para a UTI e utiliza um respirador, a grande intenção é manter a saturação acima de 94%, mínimo aceitável para que o funcionamento do corpo como um todo se sustente”, diz Luiz.

Solução que vem do exterior

A Billab Tech oferece respiradores Philips Respironics Ventilador E30 com rápida entrega. Todas as configurações do aparelho são simples e oferecem manuseio amplo para os profissionais de saúde, permitindo acompanhamento e monitoramento dos pacientes.

Além disso, o aparelho contém filtro bacteriano e viral, que minimiza a exposição de profissionais da saúde diante do uso. 

O Philips Respironics Ventilador E30 é fornecido globalmente para cuidados de emergência, de acordo com a Autorização de Uso de Emergência para ventiladores da FDA. A Ordem Provisória da Health Canada para serventia relacionada à COVID-19, que permite a sua utilização enquanto durar a emergência de saúde pública da COVID-19, está de acordo com as premissas atuais da Anvisa, conforme RDC 379/2020.

Atuação mundial

A Billab Tech Medical Supply é uma empresa afiliada da Metz Enterprises e se destaca na indústria por sua atuação nacional e internacional.  Com estoque completo e portfólio atualizado para enfrentar a pandemia causada pelo novo Coronavírus, a corporação oferece produtos exclusivos da Billab Tech Pak®, uma alternativa econômica e com qualidade garantida. 

Para mais informações, basta acessar: https://billabtech.com/



Website: https://billabtech.com/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

53.8%
29.1%
17.1%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...

Qual melhor candidato?

53.8%
29.1%
17.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp